Metrô de SP - Fracassa tentativa de venda da concessão da Linha 6-laranja do Metrô para grupo asiático

Governo de São Paulo notificou o consórcio formado pelas empresas Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC, a retomar as obras em 30 dias.

Obra da Linha 6 - Laranja do Metrô foi paralisada há 6 meses por construtora (Foto: Foto: TV Globo/Reprodução)
Fracassou a negociação do Consórcio Move São Paulo para vender a concessão da Linha 6-Laranja do Metrô a um grupo asiático. Nesta sexta-feira (2), o governo de São Paulo notificou o consórcio formado pelas empresas Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC, a retomar as obras em 30 dias e o prazo começa na contar na segunda-feira (5).

Quando ficar pronta, essa linha vai ligar Brasilândia e Freguesia do Ó ao Centro de São Paulo.

O consórcio paralisou a obra em setembro de 2016 alegando dificuldade de financiamento público por causa de envolvimento das empreiteiras na Operação Lava-Jato.

A Linha 6-Laranja é uma parceria entre o governo de São Paulo e a iniciativa privada. Quando concluída, ela deverá ter 15 estações e 15,3 km de extensão. Ela deve transportar mais de 630 mil pessoas por dia entre a Brasilândia, na Zona Norte, e a estação São Joaquim, na região central. E fará integração com as linhas 1-Azul e 4-Amarela do Metrô, além da 7-Rubi e a 8-Diamante da CPTM.

As obras começaram em janeiro de 2015 e foram interrompidas em setembro do ano passado pelo consórcio Move São Paulo, formado por empresas que estão com o nome sujo, por causa da Operação Lava Jato, e não conseguem mais dinheiro para concluir o projeto. Em outubro de 2016, o governo estadual informou que recebeu da concessionária Move São Paulo a formalização da proposta de um grupo de empresas asiáticas para a aquisição de 100% da Linha 6-Laranja.

No início das obras, a previsão inicial era de que ela entrasse em operação em 2020. Agora, a previsão passa a ser o final de 2021.

Custo do projeto é de R$ 10 bilhões. O governo do estado já investiu na linha 6-Laranja R$ 694 milhões para pagamento de obras civis e R$ 979 milhões para pagamento das desapropriações de 371 ações.

As informações são do G1

0 Comentario "Metrô de SP - Fracassa tentativa de venda da concessão da Linha 6-laranja do Metrô para grupo asiático"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial