Ministério Público investiga relação entre aumento de falhas nos trens e redução de investimento da CPTM

Empresa garante que número de falhas caiu nos últimos seis anos. Levantamento da reportagem revela aumento no número de falhas.

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) investiga se as falhas nos trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estão relacionadas à progressiva redução de investimentos da empresa na infraestrutura do sistema, informou o SP2 desta quinta-feira (5).

Em 2012 foram 156 falhas, o número subiu progressivamente até 2015, caiu em 2016 e até a última contagem de 2017 foram 197 falhas, o equivalente a cinco falhas por semana.

Em resposta aos questionamentos do MP, a companhia produziu um relatório assinado pelo gerente jurídico da empresa, Rogério Felippe da Silva. A própria CPTM admite que os investimentos vêm caindo desde 2010.


Fonte: TV Globo e CPTM

A companhia diz que aplicou "quase R$ 700 milhões abaixo do previsto na lei orçamentaria em 2016, o que impactou na execução de parte do programa de investimentos". O programa envolve a compra de trens, a construção e a modernização de estações e sistemas, entre outras ações.

A CPTM garante, contudo, que o número de falhas operacionais caiu nos últimos seis anos. A reportagem realiza um levantamento desde 2012 que revela que a situação não é essa -as falhas aumentaram de 2012 a 2015, e somente em 2016 houve uma pequena queda no número de falhas.


O presidente do Instituto Ferro Frente, que acompanha o setor ferroviário, diz que falta dinheiro para a manutenção. “Não estão investindo e deveriam investir no mínimo mais 30% em manutenção. Nós temos informações de que nem sequer trilhos estão sendo trocados adequadamente”, afirma José Manoel Ferreira Gonçalves.


Para o Secretário Estadual de Transportes Metropolitanos não falta dinheiro para a manutenção na CPTM. “O governo de São Paulo tem pago todos os recursos em manutenção, em conservação de vias e de rede área. Neste ano devem ser disponibilizados R$ 1,1 bilhão de investimentos em manutenção”, afirma.


Falhas na CPTM aumentaram nos últimos anos, segundo levantamento da TV Globo (Foto: TV Globo/Reprodução)
Investimentos do governo de São Paulo na CPTM ao longo dos anos (Foto: TV Globo/Reprodução)
As informações são do G1

0 Comentario "Ministério Público investiga relação entre aumento de falhas nos trens e redução de investimento da CPTM"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial