Bicicletários de três terminais de ônibus passam a exigir cadastro de ciclistas em São Paulo.

Quem se desloca de bicicleta e utiliza os bicicletários dos terminais de ônibus Amaral Gurgel (centro), Campo Limpo (zona sul) e Cidade Tiradentes (zona leste) terá agora de fazer um cadastro.

Um cartão ficará com o ciclista e outro na bicicleta. Foto: SPTrans

Segundo a SPTrans, responsável pelos terminais, a “medida visa aumentar o controle e a segurança para quem guarda suas bicicletas enquanto utiliza o transporte público”. Com isso, ainda de acordo com a gerenciadora, deve haver melhoria no atendimento aos ciclistas nos terminais.

Todos os ciclistas terão de informar nome completo, telefone, endereço e e-mail, apresentar um documento com foto e levar cadeado próprio.

O ciclista cadastrado passa a ter dois cartões de identificação. Quando deixa a bicicleta, leva um consigo e deixa outro no veículo. Quando for retirar, na volta, deve apresentar o cartão e um documento com foto.

Segundo a SPTrans, em nota, a medida deve ser implantada nos demais terminais de ônibus da cidade.

“Por enquanto, a medida já está sendo adotada em três terminais: Amaral Gurgel, com capacidade para 41 bicicletas; Tiradentes, com capacidade para 148; e Campo Limpo, onde cabem 64 bikes. Mas a ideia é implantar o modelo em todos os 28 terminais e nas 7 estações do Expresso Tiradentes. No total, a SPTrans disponibiliza 2002 vagas nesses bicicletários.”

As informações são do Diário do Transporte

0 Comentario "Bicicletários de três terminais de ônibus passam a exigir cadastro de ciclistas em São Paulo."

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial